SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.2 número4Prevenção do câncer de colo do útero em comunidades ribeirinhas atendidas pelo Programa Luz na Amazônia, Estado do Pará, BrasilMalária autóctone no Município de Rio Branco, Estado do Acre, Brasil, no período de 2003 a 2010 índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

  • Não possue artigos citadosCitado por SciELO

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Revista Pan-Amazônica de Saúde

versão impressa ISSN 2176-6223versão On-line ISSN 2176-6223

Resumo

NUNES, Emmanuel Borges; NUNES, Natália Borges; MONTEIRO, Julius Caesar Mendes Soares  e  PAES, Andrea Luzia Vaz. Perfil de sensibilidade do gênero Candida a antifúngicos em um hospital de referência da Região Norte do Brasil. Rev Pan-Amaz Saude [online]. 2011, vol.2, n.4, pp.23-30. ISSN 2176-6223.  http://dx.doi.org/10.5123/S2176-62232011000400004.

INTRODUÇÃO: Nos últimos anos tem-se observado, principalmente no ambiente hospitalar, um aumento de infecções por Candida spp resistentes a antifúngicos. Esta resistência tem elevado a taxa de insucesso na terapêutica contra esses agentes, causando, consequentemente, aumentos de morbidade e mortalidade. OBJETIVO: Descrever o perfil de sensibilidade de isolados de espécies do gênero Candida a antifúngicos em um hospital de referência. MATERIAIS E MÉTODOS: Estudo transversal-analítico, realizado em hospital universitário da rede pública de Belém, Estado do Pará, Brasil, no período de julho de 2008 a junho de 2010. Foram selecionados, a partir de espécimes clínicos, isolados onde houve crescimento de Candida spp na cultura para fungos. Para a identificação das espécies utilizou-se o sistema automatizado Mini API® da bioMérieux® e para o teste de sensibilidade, o ATB® Fungus 2 bioMérieux® segundo o protocolo de interpretação do Clinical and Laboratory Standards Institute (NCCLS/CLSI; M27-A2). Os dados foram consolidados em tabelas e submetidos à análise estatística descritiva e inferencial. RESULTADOS: Todos os 81 isolados de Candida foram sensíveis à anfotericina B e à flucitosina. Resistências ao fluconazol e ao voriconazol foram de 3,7% e 4,9%, respectivamente. Das Candida spp, 16% foram resistentes ao itraconazol. Nenhum isolado de C. albicans foi resistente ao itraconazol; três (9%) foram sensíveis dose-dependente. Os isolados de C. tropicalis apresentaram resistência a pelo menos um antifúngico testado (42,9%) e apenas 23,8%, sensibilidade ao itraconazol. CONCLUSÃO: As altas frequências de isolados de C. tropicalis resistente e de Candida spp resistente ao itraconazol indicam haver fatores predisponentes e sugerem a adoção de medidas para se evitar uso indiscriminado de antifúngicos e para a vigilância epidemiológica da candidemia nosocomial.

Palavras-chave : Candida; Antifúngicos; Resistência a Medicamentos.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português     · Português ( pdf )